O retorno: George Santos à política nos Estados Unidos

Expulso da Câmara dos EUA no ano passado e enfrentando acusações federais, o ex-deputado republicano George Santos anunciou, na quinta-feira, 7, à noite, que está concorrendo novamente ao Congresso. Desta vez, seu objetivo é desafiar o congressista republicano Nick LaLota, representante de Nova York.

Durante um discurso do presidente Joe Biden sobre o Estado da União, realizado no Capitólio dos EUA, Santos fez seu anúncio. Ele afirmou: “Esta noite, eu quero anunciar que eu vou voltar para a arena da política e desafiar Nick para a batalha sobre #NY1“, referindo-se ao deputado LaLota.

Santos, que já representou o 3º Distrito de Nova York, entra na corrida em um momento crucial, pois várias eleições em Nova York podem decidir a maioria da Câmara. Mesmo enfrentando várias acusações, o ex-deputado pretende retornar à política por meio de uma primária em junho.

Em resposta ao anúncio de Santos, LaLota não poupou palavras e declarou: “Para elevar o padrão no Congresso, e para manter um mentiroso patológico que roubou uma eleição responsável, eu liderei a acusação de expulsar George Santos. Se terminar o trabalho requer vencê-lo em uma primária, conte comigo“.

LaLota apresentou uma resolução no ano passado para expulsar Santos, afirmando que ele merecia estar na prisão. Santos, por sua vez, chamou seu ex-colega de RINO, ou “republicano em Name Only” (republicano apenas de nome), alegando que LaLota é desleal aos ideais do partido.

De acordo com reportagem da CNN Brasil, no campo democrata, John Avlon, ex-comentarista da CNN, e Nancy Goroff, professora emérita da Universidade Stony Brook, estão entre os principais candidatos no 1º Distrito de Nova York. Avlon respondeu à nova campanha de Santos com entusiasmo: “Vamos lá”, disse em um comunicado nesta quinta-feira.

A campanha de Santos já preencheu a documentação necessária junto à Comissão Eleitoral Federal para oficializar sua intenção de concorrer no 1º Distrito. Além disso, o ex-deputado conta com um tesoureiro que já trabalhou para ele anteriormente.

As informações são do O Antagonista

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies