Zé Nito e Fernanda Gomes formam bancada de independentes após perda de espaço

Se por um lado as recentes mudanças administrativas na gestão do Dr. Pessoa (Republicanos) buscam fortalecer a base na Câmara de Teresina, por outro, provocou a formação de uma bancada com parlamentares que se consideram independentes.
Nesta semana, os vereadores Zé Nito (MDB) e Fernanda Gomes (Solidariedade) abriram mão do governo e anunciaram independência.Zé Nito já declarava que seguiria o MDB nas eleições municipais do próximo ano. O colapso com Dr. Pessoa era eminente e aconteceu nesta semana após a exoneração de José Lopes Neto, seu indicado para o comando da SAAD Sudeste. A massa será comandada agora por Vanicleudi Queiroz, esposa do vereador Roberval Queiroz (União Brasil).

“Vejo com naturalidade. Esse processo acontece no campo político. Desde o início tenho mantido um posicionamento firme. Sou do MDB e sigo com o MDB. Sigo com o grupo do vice-governador Themístocles Filho. Isso nunca neguei”, declarou. “Nos considerávamos 100% da base, agora estamos de uma forma independente e analisando o que for melhor para Teresina”, disse.

a vereadora Fernanda Gomes, por outro lado, declarava que estaria com o grupo de Dr. Pessoa na eleição do próximo ano. A exoneração de Ênio Portela, que foi indicado pelo Solidariedade para o comando da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, levou ao colapso do parlamentar com o Palácio da Cidade.

“Eu sempre fiz um imperativo com críticas construtivas e elogios quando deveria ser elogiado. O meu sentimento hoje é de alívio. Eu confesso que estou aliviada por ter rompido com o Dr. Pessoa, que não cumpriu as suas promessas de campanha. O meu mandato foi dado por Deus e pelo povo e são a eles que eu devo responder”, declarou nesta semana.

Vereadora Fernanda Gomes - (Assis Fernandes/O DIA)

%d blogueiros gostam disto: