URGENTE: Câmara dos deputados “desiste” do PL 2630 sobre regulamentação das redes sociais

A Câmara dos Deputados optou por um novo rumo nas discussões sobre a regulamentação das redes sociais, anunciando a criação de um grupo de trabalho encarregado de elaborar uma proposta alternativa para o controverso Projeto de Lei das Fake News. Essa iniciativa, proposta pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), visa reiniciar as discussões do zero, permitindo a inclusão de diferentes perspectivas e buscando superar a polarização que marcou o relatório anterior, apresentado por Orlando Silva (PC do B-RJ).

Essa decisão é tomada em um momento crucial, após o projeto original enfrentar estagnação e divisões profundas dentro da Casa. Embora Silva continue envolvido nas conversas, a busca por consenso é essencial para avançar na legislação que visa responsabilizar as grandes empresas de tecnologia por conteúdos ilegais em suas plataformas. Essa movimentação ganhou urgência diante dos recentes embates entre o ministro do STF, Alexandre de Moraes, e o empresário Elon Musk, com implicações para a liberdade e o controle na internet. Enquanto líderes da Câmara e do Senado, assim como figuras do governo, reiteram a importância de retomar as discussões, há um consenso de que a aprovação do projeto requer uma abordagem equilibrada e apartidária. As lideranças da Câmara resistem à pressão de eventos isolados, como a disputa entre Musk e Moraes, para ditar o ritmo das negociações, priorizando um amplo acordo sobre o assunto antes de qualquer votação.

Com a formação do grupo de trabalho, aguarda-se a indicação de membros e a escolha de um novo relator e coordenador nas próximas semanas, marcando um avanço significativo na jornada para estabelecer regras claras e justas para o funcionamento das redes sociais no Brasil. Enquanto isso, a liderança governamental na Câmara demonstra o desejo de concluir essa etapa legislativa ainda no primeiro semestre, antes das eleições municipais de outubro, destacando a importância dessa regulamentação para o futuro democrático do país.

!function(f,b,e,v,n,t,s)
if(f.fbq)return;n=f.fbq=function()n.callMethod?
n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments);
if(!f._fbq)f._fbq=n;n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;
n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];
s.parentNode.insertBefore(t,s)(window, document,’script’,
‘https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
fbq(‘init’, ‘5194898813962404’);
fbq(‘track’, ‘PageView’);

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies