Terroristas do Hamas Analisam Proposta para Cessar-Fogo em Tenso Conflito com Israel

A liderança do Hamas, encabeçada por Ismail Haniyeh, está em processo de análise de uma proposta de cessar-fogo surgida após negociações realizadas em Paris. A proposta visava acender uma nova chama de esperança no conflito duradouro com Israel, e também trazia a perspetiva de uma nova etapa de liberação de reféns.

Resposta do Hamas a proposta de cessar-fogo de Israel

Segundo as informações liberadas pelo próprio grupo terrorista, a proposta tem como principal objetivo estabelecer uma trégua na tão prolongada guerra entre Israel e o Hamas. Haniyeh ressaltou que o grupo está levando a proposta em séria consideração e deverá providenciar uma resposta em breve. No entanto, os detalhes específicos do acordo e as condições necessárias para um eventual cessar-fogo não foram divulgados até o momento.

Como já é de costume, o grupo terrorista utilizou-se da plataforma digital Telegram para publicar a informação. A plataforma, cujos proprietários residem no Qatar, é também o lar de diversos líderes do Hamas, incluindo Haniyeh.

Quem é Ismail Haniyeh inimigo de Israel?

Nascido em 29 de janeiro de 1963 em um campo de refugiados perto de Gaza, Ismail Haniyeh é atualmente o líder político do Hamas. Com formação em Literatura Árabe, ele iniciou sua trajetória no mundo da política através da Irmandade Muçulmana, movimento que marcou o início do Hamas como conhecemos hoje.

Desde jovem, Haniyeh foi envolvido em atividades políticas e militantes, chegando a ser preso por Israel durante a Primeira Intifada. Com a morte do xeque Ahmed Yassin, fundador do grupo, Haniyeh assumiu o papel de primeiro-ministro após a vitória do Hamas nas eleições palestinas de 2006. Mesmo após ser demitido por Mahmoud Abbas em 2007, o Hamas conseguiu manter o controle da Faixa de Gaza.

Como líder do Hamas, Haniyeh se tornou um dos personagens centrais na condução das atividades dos terroristas palestinos e é conhecido por suas posturas firmes contra Israel e pela promoção do jihadismo. Atualmente, Haniyeh vive no Qatar, onde recebe apoio das autoridades locais.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading