Termo ‘Dama do Tráfico’ foi invenção de jornal, diz Dino

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, declarou nesta sexta-feira, 17, que o termo “senhora do tráfico amazonense”, porquê é conhecida Luciane Barbosa Farias, foi uma invenção do jornal O Estado de S. Paulo.

O sobrenome seria relacionado ao indumentária de que Luciane é mulher de Clemilson dos Santos Farias, o “Tio Patinhas”, líder da partido criminosa Comando Vermelho no Amazonas e recluso desde dezembro de 2022.

“O repórter que fez a material confessou, e depois apagou, que foi ele que criou o nome ‘senhora do tráfico’. Ele que criou. Ele que inventou. Ele disse isso”, disse Dino em entrevista a jornalistas.

A frase teria sido usada pela primeira vez pelo jornal na segunda-feira 13. Luciane afirmou no dia seguinte que nunca havia sido chamada assim e que tomou conhecimento do termo por meio do noticiário.

“Nunca fui conhecida porquê ‘senhora do tráfico’, e sim porquê ‘Lu Farias’”, disse.

A Senhora do Tráfico foi recebida duas vezes no Ministério da Justiça em menos de três meses e se encontrou com congressistas governistas ao longo do ano.

O ministro afirmou que não demitirá os assessores que participaram de audiências com ela.

Flavio Dino

Impeachment de Dino

Em relação aos pedidos de impeachment feitos por parlamentares por motivo do incidente, Flávio Dino respondeu de forma irônica.

Segundo ele, não pode tolerar uma suposta destituição por um ato que não cometeu e que, “por sua vez, não é criminoso”.

“Não existe na lei penal o transgressão de receber uma pessoa, fazer reunião com uma pessoa condenada”, argumentou.

O ministro voltou a declarar que os secretários Elias Vaz e Rafael Velasco não conheciam Luciane e não erraram em tê-la recebido.

“Aí dizem: ‘mas ela era condenada’. Peta. Ela foi recebida em março, a pena foi em outubro”, disse.

“Quando você olha essa história, não sobre rigorosamente zero.”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies