Semelhante ao método Lula, Massa faz comercial eleitoral para estimular medo contra Milei

O ministro da Economia e candidato governista na Argentina, Sergio Massa, lançou um peça publicitária na tentativa de instilar temores em relação a Javier Milei, seu concorrente liberal de direita nas eleições presidenciais do país. A campanha de Massa conta com a expertise de marqueteiros brasileiros.

No vídeo, uma cena apresenta uma jovem correndo em um ambiente que se assemelha a uma escola. Ela se esconde em um banheiro, fica atrás de uma porta e senta-se no chão. Ao pegar o celular, envia uma mensagem para a mãe pedindo ajuda. Uma pessoa, mostrando apenas os pés e as pernas, entra no banheiro com uma arma e atira na jovem.

O narrador então menciona, em espanhol: “A proposta de Milei”. Em seguida, a campanha exibe um trecho de um debate eleitoral em que o concorrente de Massa defende o porte de armas. O narrador alerta que o projeto do candidato liberal de direita pode resultar em um massacre de jovens nas escolas argentinas.

O vídeo continua com trechos de noticiários sobre ataques a escolas que resultaram em mortes. Conclui com a mensagem: “Diga não a Milei. Argentina sem armas”.

Como já noticiou o Conexão Política, equipe de marketing de Massa inclui Chico Kertész, que trabalhou com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em 2022, Otávio Antunes e Raul Rabelo, que participaram das campanhas de Fernando Haddad (PT), e Halley Arrais, que atendeu o ex-deputado Edegar Pretto (PT-RS).

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading