Russos explodem armazéns de grãos na Ucrânia

Deixar o inimigo sem comida pode ser mais eficiente que tentar eliminá-lo com metralhadoras e tanques. No sábado, 26, a Rússia explodiu dois armazéns de grãos em uma fazenda na Ucrânia — mesma semana que marca os dois anos de invasão russa ao país.

De acordo com o governo ucraniano, a destruição ocorreu por volta das 11h, devido ao impacto de dois mísseis.

Os armazéns de grãos ficavam em uma fazenda nas proximidades de Kharkiv. É uma área a poucos quilômetros da região central da fronteira entre os dois países.

Trata-se de uma das primeiras cidades atacadas pelos russos em 24 de fevereiro de 2022 — quando a invasão teve início. A guerra ainda não dá sinais de uma trégua.

Grãos da Ucrânia

Os agricultores ucranianos estão entre os importantes fornecedores de alimentos para o planeta. O país é um grande produtor de grãos — nesse ramo, a Ucrânia se destaca pelas colheitas de milho e trigo.

Mesmo tendo de enfrentar os efeitos de uma guerra, os agricultores ucranianos devem exportar 23 milhões de toneladas de milho e 15 milhões de toneladas de trigo. Respectivamente, esses números correspondem a 11% e 7% de todo o mercado entre as nações desses grãos será abastecido pela Ucrânia em 2023.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies