conecte-se

Brasil em Pauta

Ruínas encontradas na Turquia podem ser a Arca de Noé, revelam arqueólogos

Segundo o jornal The New York Post, essa possível arca está situada a menos de 3 km da fronteira entre o Irã e a Turquia, no distrito de Doğubayazıt, em Ağrı. Esse local tem grande significado simbólico, pois fica a 29 km ao sul do cume do Grande Monte Ararat, que é descrito no Livro de Gênesis como o local onde a arca repousou por alguns dias.

Published

on

Arqueólogos estão investigando uma descoberta na Turquia que levanta a possibilidade da existência da Arca de Noé. Ruínas encontradas na região indicam que podem ser os destroços da embarcação bíblica. As escavações revelaram que o interior desse “barco” contém materiais datados de 5 mil anos atrás, correspondendo ao período do dilúvio mencionado na Bíblia.Segundo o jornal The New York Post, essa possível arca está situada a menos de 3 km da fronteira entre o Irã e a Turquia, no distrito de Doğubayazıt, em Ağrı. Esse local tem grande significado simbólico, pois fica a 29 km ao sul do cume do Grande Monte Ararat, que é descrito no Livro de Gênesis como o local onde a arca repousou por alguns dias.

O grupo responsável pela pesquisa destaca a possível relação das dimensões da formação Durupinar com as descritas na Bíblia em Gênesis 6:15, o que fortalece a hipótese.

Os estudos foram iniciados em 2021 pela Equipe de Pesquisa do Monte Ararat em colaboração com cientistas turcos e meios de comunicação norte-americanos. Recentemente, cerca de 30 amostras de rochas e solo da área foram analisadas na Universidade Técnica de Istambul. Os resultados revelaram a presença de “materiais argilosos, materiais marinhos e frutos do mar” que datam de 5.500 a 3.000 anos antes de Cristo.

Advertisement

A formação que se assemelha à Arca de Noé foi inicialmente descoberta por um fazendeiro curdo em 1948 e, posteriormente, identificada pelo exército turco em 1951 durante uma missão de mapeamento da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). A investigação continua e pode lançar luz sobre um dos relatos mais conhecidos da Bíblia.

Advertisement
Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement