Roberto Jefferson presta depoimento no Rio de Janeiro

O ex-deputado federal Roberto Jefferson foi levado para a sede da Justiça Federal em Três Rios, no Rio de Janeiro, para ser interrogado em um processo que é acusado de tentar matar quatro policiais federais.

O ex-parlamentar está preso desde outubro de 2022, quando atirou de fuzil e lançou uma granada contra agentes da Polícia Federal (PF) que cumpriam mandados em sua casa em Levy Gasparian (RJ), ferindo dois policiais com estilhaços.

Os mandados foram determinados pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, devido ao descumprimento de medidas cautelares por parte de Jefferson. Isso aconteceu depois que ele xingou a ministra Cármen Lúcia (STF) em uma publicação na internet, comparando-a com “prostitutas”, “vagabundas” e “arrombadas”. Ele estava proibido de usar as redes sociais por outra ordem de Moraes.

Hoje é o último dia da audiência de instrução, que começou na quarta-feira (24) e é liderada pela juíza federal Abby Ilharco Magalhães da 1ª Vara Federal de Três Rios. Além do ex-deputado, seu assistente técnico Jeferson Evangelista Corrêa também será ouvido hoje, mas através de videoconferência na Justiça Federal em Petrópolis (RJ).

%d blogueiros gostam disto: