Raul Araújo pede vista e TSE suspende julgamento que poderia condenar Bolsonaro por associar Lula ao PCC

O ministro Raul Araújo, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pediu vista de um processo movida pelo PT contra o ex-presidente Jair Bolsonaro. Dessa forma, a sessão foi suspensa.

A ação pede a condenação de Bolsonaro, por suposta propaganda irregular durante as eleições 2022 ao associar Lula ao PCC.

Corregedor-geral do TSE, Benedito Gonçalves votou para acolher o pedido do PT. O juiz do TSE determinou a remoção de tuítes e pagamento de multa de R$ 15 mil. Gonçalves, contudo, está de saída do cargo, que será transmitido a Araújo, assim como da cadeira de ministro, a ser ocupada pela magistrada Isabel Gallotti.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading