Questionado, Lula evita comentar sobre manifestação de Bolsonaro na Avenida Paulista.

Durante uma cerimônia no Palácio do Planalto relacionada ao Programa de Democratização de Imóveis, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, optou por não fazer declarações a respeito da manifestação liderada por Jair Bolsonaro (PL) na avenida Paulista, em São Paulo. Quando indagado por uma repórter sobre o tema, a pergunta não foi respondida.

A questionamento da jornalista provocou vaias de participantes de movimentos sociais presentes no evento. Alguns ministros presentes procuraram diminuir a importância da aglomeração no evento, enquanto Rui Costa, da Casa Civil, mencionou uma alegada admissão de atos ilícitos por parte de Bolsonaro.

Em uma coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, Lula apresentou uma iniciativa voltada para a utilização social de propriedades federais ociosas, contando com a presença da ministra Esther Dweck, responsável pela Gestão e Inovação em Serviços Públicos. Paulo Pimenta, da Secom, recusou-se a comentar sobre a manifestação, justificando que não era assunto pertencente ao governo ou ao seu partido. Ele fez um comentário sarcástico sobre o ocorrido, dizendo que sua preferência foi assistir partidas de futebol no domingo, ao invés de acompanhar o evento na Paulista.

!function(f,b,e,v,n,t,s)
if(f.fbq)return;n=f.fbq=function()n.callMethod?
n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments);
if(!f._fbq)f._fbq=n;n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;
n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];
s.parentNode.insertBefore(t,s)(window, document,’script’,
‘https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
fbq(‘init’, ‘5194898813962404’);
fbq(‘track’, ‘PageView’);

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies