QUEDA nas Ações do IRB (IRBR3)! Veja o que pode ter influenciado

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A sexta-feira (17) encerrou com queda para as ações do IRB (IRBR3), que fecharam o dia com recuo de 2,39%, cotadas a R$ 42,90. Num momento em que a economia doméstica cíclica – principalmente sensível às taxas de juros – sentiu o impacto dos números negativos apresentados pelo Índice de Atividade Econômica do Banco Mediano (IBC-Br), as ações da resseguradora não foram capazes de resistir ao cenário de retração e seguiram a manante de baixa.

Por outro lado, o Ibovespa, principal índice da bolsa de valores brasileira, apresentou uma ligeiro subida de 0,11%, fechando a 124.773,21 pontos. Levante comportamento demonstra que, embora as ações do IRB tenham tido um desempenho negativo, o mercado porquê um todo se manteve relativamente inabalável. Mas um tanto não ia muito no quadro econômico brasiliano.

O que explicou a queda das ações do IRB?

O IBC-Br, considerado uma prévia do Resultado Interno Bruto (PIB) do Brasil, apresentou um resultado um tanto preocupante na última sexta-feira: uma queda de 0,06%. Levante indicador de atividade econômica é principal para a avaliação do ritmo da economia brasileira, e um resultado negativo nele tende a desencadear uma reação em enxovia no mercado de ações, principalmente nas ações de empresas ligadas à economia doméstica cíclica, porquê o IRB.

Essas empresas sentem fortemente os impactos das flutuações nos juros, e nascente foi um fator que potencializou a queda das ações do IRB. Durante o pregão de sexta-feira, os juros futuros operaram próximos dos seus valores mínimos, assim porquê a curva de juros longos dos Estados Unidos.

Por que os dados do IBC-Br impactam as ações?

Os dados do IBC-Br funcionam porquê um termômetro para a saúde econômica do Brasil. Se o índice apresenta queda, sinaliza que a economia está encolhendo; se há prolongamento, a economia está se expandindo. A associação do IBC-Br com a saúde das empresas é bastante direta: empresas operam melhor em um envolvente de prolongamento econômico, geram mais lucros, e isso se traduz em valorização das ações no mercado.

Portanto, um desempenho ruim do IBC-Br tende a afetar negativamente o desempenho das ações das empresas. No caso específico do IRB, outrossim, uma queda de 0,06% no índice cria desafios adicionais, já que a empresa opera em um setor fortemente influenciado pelos movimentos da economia doméstica cíclica.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies
%d blogueiros gostam disto: