Quando cai a Segunda Parcela do Décimo Terceiro Salário?

Para quem estava aguardando pelo décimo terceiro salário de 2023, é importante saber que a data do pagamento da primeira parcela finalizou no dia 30 de novembro. Esta injeção financeira, que possui uma estimativa de R$ 291 bilhões, é de grande importância para nossa economia nacional.

A segunda metade do tão esperado salário extra, garantido a todo trabalhador registrado, deve ser realizada pelos empregadores até o dia 20 de dezembro. Calcula-se que cerca de 87,7 milhões de pessoas irão receber este benefício em 2023, incluindo trabalhadores formais, beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), e também aposentados e pensionistas.

Quem são os beneficiados do décimo terceiro salário?

Ao analisar a quantia repassada, aproximadamente 69% do total (R$ 201,6 bilhões) será destinado aos empregados formais – incluindo trabalhadores domésticos. Já o restante, 31%, equivalente a R$ 89,8 bilhões, será destinado para aposentados e pensionistas.

Os beneficiários da Previdência Social, que chegam a ser 32,8 milhões de pessoas, receberão R$ 55,4 bilhões. Aos aposentados e pensionistas da União, será distribuído o total de R$ 11,2 bilhões (3,8%); aos aposentados e pensionistas dos estados, R$ 17,5 bilhões (6%); e aos aposentados e pensionistas dos regimes próprios dos municípios, R$ 5,6 bilhões.

Como calcular o décimo terceiro salário?

O cálculo do décimo terceiro salário é bem simples. Aqueles com carteira assinada por todo o ano recebem um salário integral. Já aqueles que trabalharam menos tempo, o cálculo será proporcional aos meses trabalhados, sendo considerado apenas os meses trabalhados por 15 dias ou mais.

Para calcular, divida o seu salário por 12 e multiplique o resultado pelo número de meses trabalhados em 2023. Importante ressaltar que o Valor considerado na conta deve ser o último recebido, incluindo horas extras, adicionais noturnos ou comissões.

Como são realizados os descontos da segunda parcela?

A primeira parcela é paga sem descontos, totalizando metade do Valor total do décimo terceiro. Já na segunda parcela, já são descontados o INSS e o Imposto de Renda. O Valor do INSS a ser descontado depende da faixa salarial do empregado, que vai de 7,5% para quem ganha 1 salário mínimo, até 14% para quem ganha entre R$ 3.856,95 e R$ 7.507,49.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies