Quais são as 10 maiores forças áreas da América Latina?

Dos 20 países da América Latina, sete estão entre os que detêm as 50 maiores forças aéreas do mundo. É o que mostra o Global Firepower, ranking especializado que classifica o poderio militar de 145 países com base no tamanho de seus arsenais, segundo o jornal O Estado de S. Paulo.

O levantamento coloca o Brasil, que tem a 17ª maior força aérea do mundo segundo o ranking global, como o país latino-americano com maior arsenal, com 628 aeronaves. México e Colômbia vêm em seguida, tendo 462 e 434 veículos, respectivamente, em suas frotas. Confira abaixo a lista das dez maiores forças aéreas da América Latina.

1.Brasil
O ranking informa que a Força Aérea Brasileira (FAB) tem 628 aeronaves, das quais 46 caças, 72 aviões de ataque, 111 de transporte, 206 de treinamento, 24 de missão especial, dois aviões-tanque e 195 helicópteros.

2. México
O país ocupa também o 27º no ranking global, com 462 aeronaves, três caças, 33 aviões de ataque, 45 de transporte, 201 de treinamento, 25 de missão especial e 178 helicópteros.

3. Colômbia
Com 434 aeronaves, a Colômbia é ainda a 29º colocada globalmente. O arsenal conta com 17 caças, 24 aviões de ataque, 84 de transporte, 70 de treinamento, 27 de missão especial, um avião-tanque e 258 helicópteros.

4. Chile
O Chile possui 289 aeronaves em sua força aérea. Destas, 45 são caças, 32 de transporte, 86 de treinamento, 21 de missão especial, cinco aviões-tanque e 85 helicópteros. O país está na 36ª posição na classificação mundial.

5. Peru
A força aérea peruana tem 258 aeronaves, o que coloca o país em 5º entre as nações latinas e 38º no ranking global. Em seu arsenal, 16 são caças, 22 são aviões de ataque, 40 de transporte, 71 de treinamento, 12 de missão especial, 95 helicópteros e 16 helicópteros de ataque.

6.Venezuela
O país ocupa a 42ª posição da classificação mundial e dispõe da sexta maior frota aérea da América Latina, com 242 aeronaves, dentre as quais 40 caças, 49 de transporte, 76 de treinamento, três de missão especial, um avião-tanque 75 helicópteros e 10 helicópteros de ataque.

7.Argentina
O arsenal aéreo argentino totaliza 229 aeronaves. Destes, 24 são caças e o país possui ainda 10 aviões de ataque, 22 de transporte, 69 de treinamento, 12 de missão especial, dois aviões-tanque e 90 helicópteros. Globalmente, a Argentina é a 43ª maior força aérea global.

Países no ranking, que não têm caças

Falcon - Venezuela
Força Aérea da Venezuela é a sexta maior da América Latina | Foto: Reprodução/Wikimedia Commons

8. Equador
O Global Firepower afirma que a força aérea do Equador não dispõe de caças, aviões de ataque, aviões-tanque e helicópteros de ataque. No total, são 110 aeronaves, entre 22 aviões de transporte, 34 de treinamento, oito de missão especial e 52 helicópteros, que colocam o país em 71º lugar comparado aos demais países do globo.

9. Cuba
Com oitenta e uma aeronaves, a força aérea de Cuba está na 81ª posição global. Sem aviões de ataque, de missão especial e aviões-tanque, o arsenal é formado por 38 caças, três aviões de transporte, 26 de treinamento, 14 helicópteros e quatro helicópteros de ataque.

10. República Dominicana
A República Dominicana conta com 69 aeronaves em sua força aérea. Oito destes são aviões de ataque, 10 de transporte, 10 de treinamento, um de missão especial e 48 helicópteros. O país não possui caças, aviões-tanque e helicópteros de ataque. Ocupa o 83º lugar na classificação global.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading