quadro é vandalizado por ambientalistas

Duas militantes do coletivo ambientalista Riposte Alimentaire jogaram sopa na pintura Primavera, quadro feito por Claude Monet em 1872, em exposição no Museu de Belas Artes de Lyon, na França.

Trata-se do segundo ato de vandalismo em uma semana. Há poucos dias, ativistas também jogaram molho no quadro Mona Lisa, de Leonardo Da Vinci.

De acordo com informações do jornal Le Parisien, o museu registrou uma queixa policial em relação ao ato de vandalismo. Assim como na Mona Lisa, a obra de Monet estava protegida por um vidro blindado, não sendo diretamente afetada.

Uma postagem nas redes sociais mostra as ambientalistas interpelando, sobre o futuro do planeta Terra, em virtude das mudanças climáticas, cujos efeitos seriam por causa da ação do homem na natureza.

“Esta primavera será a única que nos resta se não reagirmos”, disseram. “O que nossos futuros artistas pintarão? Com o que sonharemos se não houver mais primavera?”

Em uma publicação no Twitter/X, a ministra da Cultura da França, Rachida Dati, se pronunciou. “Como podemos imaginar que, ao atacar uma obra de arte, promovemos a causa que afirmamos servir?”, disse Rachida. 

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies