Puxado pelo agronegócio, PIB cresce 2,9% em 2023, afirma IBGE

Em 2023, o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 2,9%, informou nesta sexta-feira, 29, o Instituto de Geografia e Estatística (IBGE). O setor de maior destaque no ano passado, foi o agronegócio, com alta de 15,1%. Em seguida, aparecem os serviços, com crescimento de 2,4% e indústria, com 1,6%.

O PIB totalizou R$ 10,9 trilhões em 2023. Já o PIB per capita alcançou R$ 50.193,72, um avanço real de 2,2% ante o ano anterior.

A taxa de investimento em 2023 foi de 16,5% do PIB, enquanto em 2022 registrou 17,8%. A taxa de poupança, por sua vez, ficou em 15,4% em 2023 (ante 15,8% de 2022).

Frente ao 3º trimestre, na série com ajuste sazonal, o PIB apresentou estabilidade. A Indústria avançou 1,3%, os Serviços apresentaram variação positiva de 0,3%, enquanto a Agropecuária recuou 5,3%.

Em relação ao 4º trimestre de 2022, o PIB avançou 2,1% no último trimestre de 2023, 12º resultado positivo consecutivo nesta base de comparação. Agropecuária registrou estabilidade, enquanto a Indústria avançou 2,9% e Serviços cresceu 1,9%.

Veja os principais números do PIB de 2023

PIB IBGE 2023
Fonte: IBGE

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies