Produção de vinho da União Europeia cresce 7%

Ao longo de 2022, a produção de vinho da União Europeia fechou em 16 bilhões de litros. O conjunto publicou o resultado nesta quinta-feira, 16. O número representa o desenvolvimento de 7% sobre 2021.

O mar de vinho da União Europeia equivale ao volume que o Brasil produziu de cerveja no mesmo período.

Maiores produtores

Itália, Espanha e França dominam a indústria lugar. O conjunto deve a essas três nações 83% de toda a produção de 2022, de negócio com os dados oficiais.

No ranking do conjunto, Itália e Espanha seguem empatados na primeira posição da indústria vinícola. Cada uma dessas nações produziu 5 bilhões de toneladas da bebida — assim, elas responderam por 63% do totalidade.

As vinícolas francesas aparecem na sequência com 3,4 bilhões de litros — ou seja, murado 20%. Portugal, famoso pelo vinho do Porto, produziu menos de 3% do totalidade, conforme informa um transmitido do conjunto.

“Outros produtores que excederam 1% do totalidade da UE foram a Alemanha (4%), Portugal (supra de 2%) e Hungria (inferior de 2%)”, informa o bloco em nota.

União Europeia e a exportação de vinho

Entre janeiro e dezembro de 2022, a União Europeia exportou 3,2 bilhões de litros de vinho. Na lista de compradores, a Grã-Bretanha e os Estados Unidos aparecem empatados na liderança com 700 milhões de litros cada um. O terceiro lugar ficou com a Rússia: 300 milhões de litros.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading