Presidente de país europeu se solidariza com ex-presidente Bolsonaro

O líder húngaro, Viktor Orbán, expressou solidariedade a Jair Bolsonaro, que está sendo investigado pela Polícia Federal na Operação Tempus Veritatis, realizada nesta quinta-feira, 8 de fevereiro.

“Um patriota honesto. Continue lutando, sr. presidente!”, publicou Órban no X, rede social anteriormente conhecida como Twitter.

O comentário veio acompanhado de uma imagem que mostra os dois juntos.

Ao longo de seu período no cargo, Bolsonaro se aproximou de Orbán, que lidera a Hungria desde 2010, em um regime conhecido por perseguir opositores políticos, fechar veículos de imprensa e interferir no Poder Judiciário.

A última reunião presencial da dupla ocorreu no início de dezembro, às vésperas da posse presidencial de Javier Milei, em Buenos Aires, Argentina.

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e o presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, foram alvos de busca e apreensão na operação Tempus Veritatis, realizada nesta quinta-feira, 8, pela Polícia Federal.

Além deles, os ex-ministros Anderson Torres, Walter Braga Netto e Augusto Heleno também foram alvos da operação.

Dois ex-assessores de Bolsonaro foram detidos: Marcelo Câmara, ex-ajudante de ordens, e Filipe Martins, ex-assessor internacional do governo Bolsonaro.

Com informações de O Antagonista

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading