conecte-se

Brasil em Pauta

Preço de passagens áreas no Brasil aumenta 37% em dois meses

Published

on

O expressivo aumento nos valores das passagens aéreas destacou-se como o principal fator de impacto no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de outubro, a medida oficial da inflação no Brasil, conforme revelado em dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (10).

A inflação geral de outubro atingiu 0,24%, abaixo das projeções do mercado financeiro. Já esse componente específico do índice registrou um acréscimo de 23,7% em outubro em comparação ao mês anterior, acumulando um aumento de 37,17% nos últimos dois meses.

Após uma queda de 11,69% em agosto, seguindo um aumento de 4,97% em julho, as passagens aéreas foram marcadas por essa significativa alta. No acumulado de 2023, os preços dessas passagens subiram 13,53%, apresentando um aumento de 3,31% nos últimos 12 meses. Embora figure entre os 30 itens que mais aumentaram neste ano, as passagens não demonstraram um acréscimo considerável nos últimos 12 meses, evidenciando a volatilidade nos preços ao longo dos últimos meses.

Advertisement

André Almeida, gerente do IBGE, sugere que o aumento pode estar vinculado aos custos dos combustíveis e a fatores sazonais. Ele afirma: “É o segundo mês seguido de alta das passagens aéreas. Essa alta pode estar relacionada a alguns fatores como o aumento no preço de querosene de aviação e a proximidade das férias de fim de ano.”

Advertisement
Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement