conecte-se

Internacional em Pauta

Palestina convoca reunião na ONU depois de resgate de reféns

Published

on

Palestina convoca reunião na ONU depois de resgate de reféns

O líder palestino, Mahmoud Abbas, convocou neste domingo, 9, uma sessão de emergência do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) para discutir o que o Ministério das Relações Exteriores da Palestina descreveu como um “massacre horrível” cometido por Israel durante a operação de resgate. O governo da Palestina é administrado pelo grupo terrorista Hamas.

As Forças de Defesa de Israel resgataram com vida quatro reféns do Hamas no sábado 8.

Advertisement

“O ataque israelense ao campo de Nuseirat ceifou a vida de centenas de mártires e deixou muitos outros feridos”, afirmou Abbas, em uma declaração postada em Twitter/X.

Em um comunicado, a Palestina informou que “o presidente Abbas está envolvido em comunicações intensas com líderes árabes e internacionais relevantes para convocar esta sessão urgente do Conselho de Segurança da ONU”.

“O objetivo é abordar a atual agressão israelense contra o povo palestino e obrigar a ocupação israelense a cumprir as resoluções de legitimidade internacional, incluindo aquelas que apelam a um cessar-fogo imediato”, afirmou o governo comandando pelo Hamas.

Advertisement

Leia também:

Israel resgata reféns na Faixa de Gaza

No sábado 8, Israel realizou uma operação de resgate de quatro reféns em um campo de refugiados em Gaza, que resultou em um bombardeio intenso. De acordo com o funcionários de um hospital local, administrado pelos terroristas, mais de 200 palestinos morreram e centenas ficaram feridos.

+ Número de mortos em Gaza é falso ou exagerado, diz professor de estatística

A emissora CNN tentou confirmar o número de vítimas relatado pelas autoridades palestinas em Gaza, mas não conseguiu.

Advertisement

Advertisement
Continue Reading
Advertisement
Advertisement