ONU perde financiamento por envolvimento com terroristas

Até o momento, quatro países suspenderam financiamentos à Agência da Organização das Nações Unidas (ONU) de Assistência aos Refugiados Palestinos, por envolvimento com terroristas. Deixaram de contribuir Estados Unidos, Austrália, Canadá e Itália.

A medida foi tomada depois de funcionários da agência da ONU serem acusados de participar do massacre comandado pelo ajuntamento extremista Hamas em Israel.

Em 7 de outubro de 2023, militantes do movimento realizaram uma investida contra o outro país.

Ataques terroristas que teriam tido apoio da ONU

Hamas terroristas
Terroristas do Hamas atacaram Israel no dia 7 de outubro | Foto: Reprodução/Instagram

Durante os ataques, extremistas mataram mais de mil israelenses e fizeram centenas de reféns, incluindo crianças, mulheres e idosos. Entre os mortos, havia centenas de jovens israelenses que participavam de uma festa que celebrava a vida — um dos alvos do Hamas.

Dezenas de prisioneiros permanecem nas mãos do Hamas, em esconderijos dentro da Faixa de Gaza — área controlada pela milícia islâmica. Em razão do ato terrorista, Israel declarou guerra ao Hamas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies