Odontólogos protestam e denunciam más condições de trabalho em Teresina

Na manhã dessa quarta-feira (08/10), profissionais da Odontologia que prestam serviço para a Prefeitura de Teresina (PMT) realizaram um protesto para cobrar melhorias nas condições de trabalho na capital.

Na manifestação, que ocorreu em frente à Prefeitura de Teresina, os odontólogos reivindicaram à PMT, por meio da Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS), que sejam realizadas melhorias nos postos públicos de atendimento que, segundo eles, encontram-se em situação crítica e sem estruturas físicas para atender os pacientes.

“Alguns postos estão sem ar-condicionado, portas com cupim, a manutenção dos aparelhos está paralisada por falta de pagamento e não estamos recebendo insumos básicos. Então não tem como os profissionais realizarem atendimentos básicos, como restauração e anestesiar os pacientes” , afirmou Carolina Tavares, vice presidente do Sindicato dos Odontologistas do Estado do Piauí (SOEPI).

Além disso, a categoria quer conversar com a Prefeitura de Teresina sobre questões salarias. Segundo Carolina, os dentistas estão sem receber nenhum aumento há cinco anos.

O outro lado

Em nota, a Prefeitura de Teresina afirmou que as reivindicações estão sendo analisadas e os profissionais serão recebidos ainda nesta quarta (08) no Palácio da Cidade. O órgão também informa que os insumos de uso dos odontologistas já foram comprados e estão aguardando a entrega por parte dos fornecedores.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies