conecte-se

Brasil em Pauta

Morre a deputada Amália Barros (PL-MT) aos 39 anos após batalha contra complicações de saúde

Published

on

Morre a deputada Amália Barros (PL-MT) aos 39 anos após batalha contra complicações de saúde

Durante a madrugada do último domingo, 12 de maio, Dia das Mães, a deputada federal Amália Barros (PL-MT) veio a óbito em São Paulo. Ela estava hospitalizada desde o dia 1º de maio, quando foi admitida para realizar uma intervenção cirúrgica para a remoção de um nódulo pancreático. A confirmação do falecimento foi inicialmente feita por fontes próximas e posteriormente pela equipe de comunicação da parlamentar.

Aos 39 anos de idade, Amália exercia seu primeiro mandato como deputada. Ela ficou conhecida por dar nome a uma legislação, aprovada ainda durante o mandato do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que reconhece os brasileiros com visão monocular como portadores de deficiência.

Advertisement

A deputada perdeu a visão do olho esquerdo aos 20 anos, após contrair uma infecção por toxoplasmose. Após passar por 15 procedimentos cirúrgicos sem sucesso, foi necessário remover o olho em 2016, passando então a utilizar uma prótese ocular.

Alinhada ao espectro político de direita, Amália Barros mantinha uma relação próxima com a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro, de quem era amiga. Ambas eram ativas no PL Mulher, sendo Amália a vice-presidente do segmento feminino do partido.

Quanto à sua saúde, no início do mês ela foi submetida à primeira cirurgia para tratar o nódulo pancreático, realizada em 2 de maio. No entanto, enfrentou complicações que necessitaram de uma segunda intervenção cirúrgica, denominada pelos médicos como “reabordagem cirúrgica”.

Advertisement

A partir desse ponto, Amália permaneceu internada em estado grave na UTI, evoluindo posteriormente para um estado considerado “gravíssimo”. Na noite de sábado, familiares informaram sobre a necessidade de mais uma cirurgia devido a complicações no fígado, solicitando apoio e orações nas redes sociais.

Líderes políticos e seguidores mobilizaram-se em correntes de orações por todo o país. Michelle Bolsonaro comentou sobre a gravidade da situação de saúde de sua amiga ainda no sábado, expressando sua fé em um possível milagre.

Na madrugada de domingo, dia 12, veio a confirmação do falecimento de Amália. Ela não resistiu e veio a óbito no Hospital Vila Nova Star, na capital paulista.

Advertisement

!function(f,b,e,v,n,t,s)
if(f.fbq)return;n=f.fbq=function()n.callMethod?
n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments);
if(!f._fbq)f._fbq=n;n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;
n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];
s.parentNode.insertBefore(t,s)(window, document,’script’,
‘https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
fbq(‘init’, ‘5194898813962404’);
fbq(‘track’, ‘PageView’);

Advertisement
Continue Reading
Advertisement
Advertisement