Ministério nega pedido do PT de outorga para operar rádio e TV

O Ministério das Comunicações negou o pedido de concessão pública de serviços de rádio e televisão ao PT. O pedido foi apresentado em junho do ano passado e, desde então, estava sob análise da pasta.

Na sexta-feira 26, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) a decisão negando o requerimento feito pelo partido.

No pedido, o PT argumentava que “um canal de comunicação próprio possibilitaria o cumprimento de um dever constitucional, legal e estatutário”.

O pedido do PT por canal de TV

O partido também alegou que existem 49 canais vagos e que não há restrição legal que impedisse um partido político de operar concessões públicas de rádio e TV.

O requerimento foi assinado pela presidente da legenda, Gleisi Hoffmann, e pelo secretário nacional de comunicações, Jilmar Tatto.

Porém, a nota técnica do Ministério das Comunicações destacou que, atualmente, não há partidos políticos detentores de outorgas de rádio e TV, “o que dá ao presente requerimento contornos singulares”.

pt partido dos trabalhadores petista
Segundo o Ministério das Comunicações, atualmente, não há partidos políticos detentores de outorgas de rádio e TV | Foto: Divulgação/Site do PT

Ministério nega pedido

Na avaliação da pasta, o pedido não atendeu os requisitos do Departamento de Radiodifusão Privada ou do Departamento de Radiodifusão Pública, Comunitária e Estatal. Hoje, há três modalidades de outorga – comercial, educativa e comunitária.

“No caso da radiodifusão comercial, a outorga se dá mediante licitação”, informou a nota do ministério.” Sendo assim indispensável a realização de seleção pública.”

No que se refere à outorga para fins educativos ou comunitários, o documento descreve que a atividade não pode ser exercida por um partido político.

Se o partido recebesse a concessão, furaria uma fila de 2.665 processos no Ministério das Comunicações para concessões educativas em todo o país.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading