Mercado da Bola: Principais reforços do Flamengo na era Landim

O Flamengo mudou completamente desde do momento que Eduardo Bandeira de Mello assumiu a presidência do clube, ainda em 2013. Com muito esforço, o mandatário transformou um déficit de R$ 20 milhões em um superavit de R$ 135 milhões em apenas dois anos no comando do clube.

Mesmo transformando o rubro-negro financeiramente, o mandato de Eduardo Bandeira de Mello ficou marcado pelos fracassos em competições importantes, principalmente a Libertadores. 

Por exemplo, durante todo o seu mandato, o Fla disputou a Libertadores três vezes, caindo nas oitavas duas vezes, além de uma dura eliminação nas oitavas para o Cruzeiro.

O Flamengo de Bandeira de Mello disputou 23 troféus na sua gestão, ganhando três títulos, ficando com o vice outras vezes, além de diversos fracassos em momentos importantes.

Apesar disso, o mandatário deixou o clube em um momento financeiro espetacular. Por certo, o próximo presidente do clube carioca não precisou passar pelo processo de reestruturação financeira, sendo muito mais fácil colocar o clube na briga por títulos.

Nova era com o presidente Rodolfo Landim 

No final de 2018, Rodolfo Landim foi empossado como presidente do Flamengo para o triênio (2019 – 21). Emocionado, Bandeira lamentou a falta de títulos, mas comemorou a revolução financeira da equipe.

Não me cabe, não faria sentido, me deter sobre minhas realizações. A avaliação dos mandatos fica a cargo dos rubro-negros. Deixamos o nosso melhor, fizemos tudo que estava a nosso alcance, sem qualquer vaidade, sem qualquer interesse individual”, disse.

Com o intuito de reforçar o time para voltar a brigar por títulos importantes, Rodolfo Landim foi ao mercado com muita força, trazendo reforços que mudaram a história do clube carioca.

Para auxiliar os nossos leitores que se interessam por esse assunto, separamos os principais reforços do Flamengo na era Rodolfo Landim. 

Rodrigo Caio (2019) 

O zagueiro Rodrigo Caio foi o primeiro reforço de Rodolfo Landim no comando do Flamengo. Na ocasião, Caio não tinha mais nenhum clima para permanecer no São Paulo e, por conta disso, acertou a sua ida para o gigante do Rio de Janeiro.

Na época, o rubro-negro acertou a compra de 45% dos seus direitos por R$ 22 milhões. O jogador chegou e vestiu a camisa, se tornando um dos jogadores mais importantes do clube naquela temporada.

O contrato do defensor com o clube é válido até o final dessa temporada. Em virtude de vários problemas físicos do jogador, a tendência é que o rubro-negro não renove o contrato do atleta.

Gabigol (2019)

O Flamengo acertou a contratação de Gabigol por empréstimo de uma temporada. Ele tinha contrato com a Inter de Milão, que só aceitou liberar o jogador para o rubro-negro caso o time da Gávea aceitasse pagar 100% do salário.

Os dirigentes concordaram em pagar R$ 15 milhões em salários ao jogador para tê-lo por uma temporada. Logo após ser contratado, Gabriel mais que correspondeu em campo, sendo o principal nome da temporada histórica do Flamengo, levando o time carioca ao tão sonhado bi-campeonato da Libertadores da América.

Após o fim da temporada, os dirigentes entraram em contato com a Inter para exercer a opção de compra. No final das contas, o Fla teve que desembolsar quase R$ 100 milhões paga comprá-lo.

Arrascaeta (2019)

Giorgian De Arrascaeta, nascido no Uruguai, já vinha jogando muito futebol no Brasil há muito tempo. No Cruzeiro, por exemplo, ele já tinha muitos títulos importantes, com o da Copa do Brasil, onde destruiu o Corinthians na decisão.

Sabendo da importância de contratar um jogador para elevar o nível técnico do meio de campo, o rubro-negro foi atrás de Arrascaeta. Na época, o clube entrou em atrito com a diretoria do Cruzeiro, que não queria liberá-lo.

Após muitas negociações, o Flamengo chegou a um acordo com o time de Minas Gerais por R$ 80 milhões por 75% dos direitos econômicos do jogador. Apesar de ser um negócio caro, o investimento valeu muito a pena, já que o uruguaio se tornou um dos jogadores de meio de campo mais importantes da história do clube. 

Bruno Henrique (2019)

Após reforçar a defesa com Rodrigo Caio, o meio de campo com Arrascaeta e o ataque com Gabigol, os dirigentes enxergaram a oportunidade de contratar um jogador de velocidade para o lado do campo ofensivo.

O nome que estava brilhando no futebol brasileiro era Bruno Henrique, atleta que defendia as cores do Santos. Assim sendo, o jogador não pensou duas vezes ao receber a oferta para jogar no clube carioca.

A contratação de BH foi um dos melhores custos benefício da gestão de Rodolfo Landim. Surpreendentemente, o atacante custou apenas R$ 23 milhões aos cofres do clube, sendo um reforço barato, mas com muito resultado em campo.

Rafinha (2019)

Outro reforço de peso que a diretoria trouxe foi Rafinha. O lateral havia feito a carreira toda no futebol europeu, sendo um dos jogadores mais disputados por clubes brasileiros.

Na época, o Flamengo teve que pagar o salário e luvas para a assinatura do contrato com o experiente lateral. 

Porém, a passagem de Rafinha pelo rubro-negro durou pouco. Logo após fazer história, o atleta aceitou uma proposta para jogar no Olympiakos, da Grécia.

Rafinha retornou ao futebol brasileiro logo em seguida. O Fla surgiu como um dos interessados, todavia, o negócio não avançou, com o jogador aceitando uma oferta para jogar no Grêmio.

Desde então, Rafinha deixou o Grêmio e acertou com o São Paulo, onde joga até hoje, sendo um nome importante para o clube do Morumbi.

Pablo Mari (2019)

O Flamengo foi na Europa e conseguiu contratar um tal de Pablo Mari. Na ocasião, o rubro-negro teve que desembolsar 1,3 milhões de Euros, cerca de R$ 5,5 milhões pelo jogador.

O jogador chegou no rubro-negro com uma certa desconfiança, entretanto, rapidamente se tornou um dos atletas mais queridos pelo torcedor rubro-negro. Com Jorge Jesus no comando, o espanhol fez uma dupla de zaga espetacular com Rodrigo Caio.

A passagem de Mari pelo rubro-negro também foi curta. O jogador fez uma temporada espetacular, chamando a atenção do Arsenal, que pagou uma bolada pelo jogador, sendo um ótimo negócio em termos financeiros para o Mengão.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies