Magazine Luiza anuncia aumento de capital de R$ 1,25 bilhão

A rede de lojas Magazine Luiza, da empresária Luiza Trajano, terá um aumento de capital de até R$ 1,25 bilhão. O anúncio foi feito na noite deste domingo, 28. A operação envolve a família controladora da varejista, que entrará com R$ 1 bilhão, e o BTG Pactual, de André Esteves, que se comprometeu a subscrever até R$ 250 milhões.

O mercado abriu nesta segunda-feira, 29, sob o impacto do anúncio no aumento de capital privado da empresa, com isso os ativos da Magazine Luiza (MGLU3) chegaram a saltar até 9,62%, R$ 2,28. Mas, com o movimento do mercado ao longo do dia, fecharam em queda de 0,48%, a R$ 2,07.

A empresa afirma que o aumento de capital é um sinal de confiança na organização e de convicção de que o preço atual das ações não reflete adequadamente o valor real do Magalu.

Entenda a negociação entre o BTG e o Magazine Luiza

Na prática, o banco BTG estará apoiando financeiramente a participação dos Trajano. O BTG irá subscrever uma parcela de R$ 1 bilhão, utilizando o direito de preferência dos controladores.

Em uma operação conhecida no mercado como total swap return, o banco transferirá para eles os benefícios financeiros futuros provenientes das ações, através de uma troca de resultados de fluxos futuros.

Empresa quase foi à falência nos últimos anos

A crise financeira da empresa Magazine Luiza viralizou em 2022, quando Luiza Trajano, presidente do conselho da empresa, fez um vídeo pedindo ajuda dos consumidores para manter as portas abertas. “Vá o mais rápido possível a nossas lojas, por favor”, apelou.

No terceiro trimestre de 2023, a empresa encerrou o período com uma dívida bruta de R$ 7,4 bilhões, dos quais R$ 2,8 bilhões vencem em 2024. Desse montante, aproximadamente R$ 1 bilhão foi quitado em janeiro.

Luiza Trajano e o governo Lula

Em março de 2023, foi anunciado que a empresária Luiza Trajano faria parte fazer do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do governo petista de Lula Inácio Lula da Silva. O grupo é conhecido como“Conselhão”.

O Conselhão já existia nos primeiros mandatos de Lula e, tradicionalmente, conta com a participação de empresários e sindicalistas de diferentes setores.

Trajano tem histórico de apoio a candidatos socialistas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies