Lula rejeita indicação de Cappelli para o comando da Justiça

Em reunião com seus ministros no Palácio da Alvorada, o presidente Lula foi contra a possibilidade de o atual secretário-executivo do Ministério da Justiça, Ricardo Cappelli, substituir Flávio Dino no Ministério da Justiça e Segurança Pública. A sugestão era que Cappelli assumisse o posto interinamente, caso Dino viesse a ocupar a vaga no Supremo Tribunal Federalista (STF).

O nome do secretário para o comando da pasta foi sugerido por ministros do governo, na segunda-feira, 27, durante o proclamação solene da indicação de Dino para o Supremo.

De conciliação com o Metrópoles, a cúpula propôs ao presidente que o número 2 da Justiça assumisse o comando interino do Ministério, enquanto Dino – que está em campanha e se prepara para sua sabatina – tiraria férias do missão.

Lula vetou a proposta e “ordenou expressamente” que Dino continuasse primeiro do ministério. Ainda segundo o jornal, a reação do presidente estaria ligada a uma postagem de Capelli no X (velho Twitter), em 14 de novembro.

Diante da repercussão da visitante da “Mulher do Tráfico” ao Ministério da Justiça, o secretário tuitou que a razão das críticas a Dino seria sua indicação ao STF – isso antes mesmo de Lula revelar sua escolha. O petista teria se irritado com a postura do secretário nas redes sociais.

Possibilidades de Lula

Ricardo Lewandowski

Caso o presidente opte por indicar uma mulher, estão no topo da lista a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e a ministra do Planejamento, Simone Tebet (MDB). Entre os homens, o nome do Ricardo Lewandowski (ex-ministro do STF) está em primeiro lugar. 

A provável mudança só deve ocorrer em 5 de dezembro, quando o presidente retornar ao Brasil.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading