Lula afirma que refém brasileiro pode ser liberado ‘por esses dias’

O presidente Luiz Inácio Lula afirmou nesta quinta-feira, 30, que um refém brasílio na Fita de Gaza pode ser liberado “por esses dias”. A enunciação foi feita no Sondar depois de uma conversa com o emir do país, Tamim bin Hamad al-Thani.

O Ministério das Relações Exteriores e a assessoria da Presidência da República não forneceram mais informações sobre o brasílio mantido refém pelo grupo terrorista Hamas. Segundo a Secretaria Privativo de Informação Social, o refém é um brasílio com nacionalidade israelense.

Por meio das redes sociais, a Embaixada do Brasil em Israel afirmou que o legado Frederico Meyer se encontrou nesta manhã com a “mana do único brasílio refém em Gaza”. Possivelmente, esse brasileiro-israelense é Michel Nisenbaum, que está perdido desde 7 de outubro, quando extremistas invadiram Israel para matar e sequestrar civis.

De consonância com a embaixada, “Frederico Meyer garantiu a mana da vítima que o Brasil está fazendo tudo ao seu alcance para ajudar na libertação do brasílio e dos demais reféns”.

Lula declarou ainda que aproveitou o encontro com o líder do Sondar para agradecer o “importante papel” do país na liberação dos brasileiros que estavam presos na Fita de Gaza desde o início da guerra entre terroristas e forças militares israelenses.

O presidente do Brasil conversou com jornalistas em Doha, capital do Sondar, o principal país que articula as negociações entre Israel e o Hamas.

Brasílio perdido pode estar entre os reféns do Hamas

A família de Michel Nisenbaum afirma que ele foi sequestrado pelo Hamas, na manhã do ataque de 7 de outubro, enquanto ia buscar sua neta, que havia pretérito a noite com o pai.

O contato com o brasílio foi perdido às 7h. Quando a filha tentou entrar em contato com ele, por volta das 7h20, a relação foi atendida em mouro. Ouviram-se gritos de “Hamas”.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading