Lacrou! Atriz é demitida por fazer comentários sobre Israel e Hamas

Melissa Barrera, protagonista dos filmes Pânico 5 e 6, foi demitida da franquia de terror por causa de alguns comentários sobre a guerra entre Israel e Palestina.

A atriz, que estaria no elenco de Pânico 7 e seria mais uma vez protagonista do longa, afirmou em uma publicação feita em seu perfil no Instagram que a faixa de Gaza “está sendo tratada atualmente como um campo de concentração”. Ela ainda declarou que está acontecendo uma limpeza étnica em Gaza.

“Encurralando todos juntos, sem ter para onde ir, sem eletricidade, sem água”, disse a artista. “As pessoas não aprenderam nada com nossas histórias. E, assim como em nossas histórias, as pessoas ainda estão silenciosamente observando tudo isso acontecer. Isso é genocídio e limpeza étnica.”

Foto da atriz Melissa Barrera no filme Pânico
Demissão de Melissa Barrera foi oficializada por produtores do filme Pânico | Foto: Divulgação/Spyglass

Demissão da protagonista de Pânico acontece depois de “discurso de ódio

Um porta-voz da Spyglass Entertainment, produtora por trás da franquia Scream, confirmou a demissão da atriz.

“A posição da Spyglass é inequivocamente clara: temos tolerância zero para o antissemitismo ou a incitação ao ódio em qualquer forma, incluindo falsas referências a genocídio, limpeza étnica, distorção do Holocausto ou qualquer coisa que flagrantemente cruze a linha do discurso de ódio”, afirmou o comunicado da companhia.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading