José de Abreu é condenado a indenizar Carlos Vereza por chamá-lo de ‘fascista’

O ator José de Abreu foi condenado a pagar uma indenização por danos morais ao também ator Carlos Vereza. Abreu foi condenado depois de chamar o colega de “fascista”, “esclerosado”, “doente” e “hipócrita”.

A decisão foi da juíza Flávia Viveiros de Castro, da 6ª Vara Cível da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Vereza processou o ator por calúnia, injúria e difamação em 2020, ano em que as publicações direcionadas a ele foram feitas na rede social X (à época, Twitter).

Abreu terá que se retratar

Além de uma indenização no valor de R$ 25 mil, Abreu também terá que se retratar nas redes sociais. O colega alegou que as postagens feriram sua honra e solicitou a indenização e a retratação pública.

Os advogados de Abreu alegaram que o ator exercia sua liberdade de expressão e que apenas fazia uma cobrança pública e democrática.

Mas, segundo a magistrada, as publicações não continham nenhum conteúdo crítico, informativo ou de manifestação democrática. Pelo contrário.

De acordo com Flávia, as postagens tinham a única intenção de ofender outra pessoa por pensar de forma diferente. A juíza ressaltou que essa atitude ultrapassa o direito à liberdade de expressão.

Na sequência das mensagens, Abreu alega que foi desrespeitado por Vereza em ocasiões anteriores e sugere que teria “sofrido lesões cerebrais incuráveis” durante torturas no Regime Militar. O ator foi preso duas vezes durante o período. Abreu disse ao portal UOL que vai recorrer da decisão.

post Ze de Abreu Carlos Vereza

O caso envolvendo os atores

Em janeiro de 2020, Abreu criticou a atriz Regina Duarte por assumir o cargo de secretária Especial da Cultura durante o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Vereza, que apoiou o ex-presidente, rebateu Abreu em uma publicação no Facebook.

“Respeite a Regina Duarte! Respeite as escolhas diferentes das suas! Sempre te tratei com afabilidade, aceitando seu ponto de vista em questões ideológicas”, escreveu Vereza.

A publicação de Abreu no X foi uma resposta à mensagem do colega.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies