Joe Biden diz que negar ajuda à Ucrânia é fortalecer Vladimir Putin

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, disse que ser contra ajudar a Ucrânia é uma forma de fortalecer o presidente da Rússia, Vladimir Putin. O presidente norte-americano fez a declaração na última terça-feira, 6.

Biden disse que a Ucrânia precisa de apoio internacional para enfrentar os desafios da guerra emplacada pela Rússia. O presidente Biden também ressaltou a importância de manter a solidariedade com a Ucrânia e reforçar os laços de cooperação entre os países aliados, segundo a Jovem Pan.

O presidente dos Estados Unidos havia incentivado o Congresso a aprovar um projeto de lei de imigração bipartidário que também inclui ajuda à Ucrânia, enquanto legisladores enfrentam pressão política de Donald Trump para rejeitá-lo, segundo a Radio Free Europe/Radio Liberty.

Senado dos Estados Unidos rejeita pacote de ajuda para a Ucrânia e Israel, Biden critica republicanos

Biden disse aos parlamentares para aprovarem a medida, que iria enviar US$ 60 bilhões em ajuda durante a guerra para a Ucrânia | Foto: Reprodução/Instagram/potus

Biden disse aos parlamentares para aprovarem a medida, que iria enviar US$ 60 bilhões em ajuda durante a guerra para a Ucrânia. “O tempo está passando”, disse Biden. “Cada semana, cada mês que passa sem nova ajuda à Ucrânia significa menos projéteis de artilharia, menos sistemas de defesa aérea, menos ferramentas para a Ucrânia se defender contra este ataque russo.”

Biden também disse que Putin está “apostando” na retirada de apoio dos Estados Unidos, alertando que estariam cometendo um erro histórico se Washington não aprovar a ajuda à Ucrânia.

“Apoiar este projeto de lei é enfrentar Putin”, disse Biden. “Opor-se a esse projeto de lei é fazer o seu favor… O mundo está assistindo.” Nesta quarta-feira, 7, o Senado dos Estados Unidos rejeitou o pacote de ajuda à Ucrânia e a Israel.

O resultado da votação foi de 49 votos favoráveis e 50 votos contrários. A medida precisava de ao menos 60 votos favoráveis para avançar. Em resposta, Joe Biden criticou os republicanos do Congresso dizendo que “nunca” pensou ver “algo como o que está a acontecer agora”.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading