Janja se pronuncia sobre uma possível candidatura a cargo eletivo

A primeira-dama Janja Lula da Silva declarou nesta terça-feira (14 de maio de 2024) que não tem intenção de se candidatar a um cargo eletivo.

Em entrevista ao portal ICL Notícias, ela enfatizou que, embora sempre tenha sido ativa nos bastidores da política, não se sente atraída por ocupar cargos públicos. A timidez e a preferência por uma linguagem mais simples também influenciam sua decisão.

Apesar de expressar desinteresse em se candidatar, Janja desempenha um papel ativo no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e já afirmou ser uma articuladora na gestão petista.

“Vocês não têm noção de como aquela entrevista do Fantástico [dada depois do resultado das eleições de 2022] foi difícil para mim, porque eu uso uma linguagem um pouco mais simples. É difícil, para mim, ter uma linguagem mais rebuscada“, declarou. “Sou uma socióloga da vida, mais da lama, de pisar no chão“, completou.

Na entrevista, ela reforçou que estará ao lado de Lula durante sua quarta visita ao Rio Grande do Sul para lidar com as enchentes, prevista para quarta-feira (15 de maio): “Vou estar ao lado dele como sempre, gostem ou não”.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies