IPTU 2024 na sua Carteira e Como Obter ISENÇÃO pelo CPF

Estamos nos aproximando do final do ano e, com a chegada de 2024, os proprietários de imóveis necessitam se atentar para uma importante obrigação: o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Uma taxa robusta que incide sobre todas as categorias de propriedades – casas, apartamentos, terrenos e pontos comerciais – em todas as regiões do país.

O IPTU não é apenas mais uma conta a pagar. Esse imposto é uma contribuição fundamental para o município, auxiliando no financiamento de serviços e infraestruturas importantes para a população. E atenção: a ausência do pagamento pode gerar dívidas que impedem futuras negociações imobiliárias, como vendas, construções e locações.

O Valor do IPTU é determinado conforme o Valor venal do imóvel – uma estimativa de preço que, geralmente, é inferior ao Valor de mercado. No entanto, existe uma forma de amenizar o impacto deste imposto no orçamento: através do desconto concedido utilizando o número do CPF.

As Prefeituras, na tentativa de incentivar o pagamento do imposto dentro do prazo estipulado, disponibilizam descontos para os contribuintes. Uma das formas de solicitar este desconto é por meio do número do CPF, uma alternativa oferecida por alguns Programas de Nota Fiscal. Além disso, aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) também podem solicitar um desconto de 50% no Valor do IPTU.

Como funciona a isenção do IPTU 2024?

Em certos casos, é possível solicitar, inclusive, a isenção total do IPTU. Para isso, é necessário que a renda familiar mensal do proprietário do imóvel não exceda três salários mínimos, o que equivale, atualmente, a R$ 3.135,00.

Descontos parciais também podem ser concedidos. Proprietários com renda familiar mensal entre três e quatro salários mínimos (R$ 4.180,00 atualmente) podem solicitar um desconto de 50%. Já aqueles cuja renda esteja entre quatro e cinco salários mínimos (R$ 5.225,00 atualmente) podem pleitear um desconto de 30%.

É importante ressaltar que os valores considerados para a concessão destes benefícios são as rendas brutas, ou seja, sem descontos. Além disso, cada Prefeitura possui autonomia para determinar outros critérios para a redução ou isenção do IPTU 2024. Portanto, não deixe para a última hora: o quanto antes solicitar a isenção ou desconto, mais chances terá de economizar no próximo ano.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies