Ibovespa fecha em alta driblando o exterior

O último pregão do dia é finalizado com o Ibovespa em alta de 0,37%, aos 127.650,82 pontos.

A bolsa brasileira resistiu ao pessimismo do mercado mundial, e um dos principais motivos desta alta foi que o indicador de serviços dos Estados Unidos vir acima do esperado. Assim, os investidores entenderam que a economia americana segue resiliente, afastando ainda mais a possibilidade de cortes de juros tão cedo no país.

Aqui, os dados de PMI brasileiro também foi melhor que os últimos. O Índice de Gerente de Compras (PMI) composto no Brasil apresentou uma alta para 53,2 em janeiro, ante 50,0 registrado no mês anterior, de acordo com o S&P Global nesta terça-feira (5). Já o PMI de serviços, por sua vez, passou de 50,5 em dezembro para 53,1 em janeiro. Além disso, a temporada de balanços também começou a influenciar o mercado.

Entre as altas, temos BBDC3, que sobe hoje com noticia de reestruturação na gestão. O Bradesco passa por mudança na administração com mudanças na diretoria que animam os investidores.

Já WEGE3 sobe com a manutenção de recomendação de compra do BTG, na semana passada, com preço alvo em R$ 50. Empresa pode se beneficiar do programa de estímulo para a indústria anunciada recentemente pelo governo.

Já nas baixas, temos as empresas como LWSA3, COGN, BHIA3 e AZUL4 que são sensíveis às variações das taxas de juros (DI´s) e caem forte.

Segue aqui o fechamento das bolsas:

🇧🇷 Ibovespa: 127.650,82 (+0,37%)
🇺🇸 S&P 500: 4.940,01 (-0,38%)
🇺🇸 Nasdaq: 15.597,68 (-0,20%)
🇺🇸 Dow Jones: 38.380,12 (-0,71%)

💵 Dólar: R$ 4,98 (+ 0,27%)
💶 Euro: R$ 5,35 (-0.20%)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies