Homem que matou o pai e a mãe é acusado de matar companheiro de cela em penitenciária do Piauí

O homem identificado como Vitor Gabriel de Paula Nunes, que foi preso na última semana após confessar ter matado a própria mãe em Corrente, na região Sul do Piauí, e já respondia pelo homicídio do próprio pai, agora é também acusado de assassinar um colega de cela na Penitenciária Dom Abel Alonso Núñez, em Bom Jesus, também na região Sul do estado.

O crime teria aconteceu nesta quarta-feira (31/01) após um desentendimento entre Vitor e um detento identificado como Misael Ferreira, que acabou sendo morto enforcado com um toalha.

A Delegacia de Bom Jesus está processando o Auto de Prisão em Flagrante de Vitor pelo homicídio cometido dentro da penitenciária.

HISTÓRICO DE ASSASSINATOS

Com apenas 22 anos, Vitor Gabriel já possui pelo menos três homicídios em sua ficha criminal. A sua primeira vítima foi o próprio pai, em crime acontecido em Ceilândia, no Distrito Federal. Réu confesso, ele foi posto em liberdade após decisão judicial em 2019.

No dia 24 de janeiro, Vitor foi preso acusado de matar a própria mãe. Ele foi visto pela sua irmã saindo da casa da família antes dela encontrar a mãe já morta no local. Agora, preso por este crime, ele responderá por mais um homicídio, desta vez do também detento Misael Ferreira.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies