Homem é condenado a mais de 20 anos de prisão pelo assassinato da ex-mulher em Teresina

O eletricista Ezequiel Rodrigues de Araújo foi condenado, na noite de terça-feira (06), pelo Tribunal Popular do Júri de Teresina a 26 anos e oito meses de prisão em regime fechado pelo assassinato de sua ex-mulher, Valdirene Torquato da Silva, com 19 facadas, no bairro Ilhotas, na zona Sul da capital piauiense, quando estava indo para o trabalho como empregada doméstica, no dia 25 de janeiro de 2022.

O réu foi condenado pelo Tribunal Popular do Júri a pagar R$ 300 mil de indenização para a família de Valdirene Torquato da Silva e a prisão por homicídio por motivo fútil e emprego de meio cruel e de recurso que impediu a defesa da vítima.Familiares e amigos de Valdirene Torquato da Silva fizeram manifestação pela condenação de Ezequiel Rodrigues de Araújo na frente do Fórum Cível e Criminal de Teresina do Tribunal de Justiça (TJ) do Piauí.

O irmão da vítima, Valdir Eugênio Torquato da Silva, disse que a família se sente vitoriosa pela condenação de Ezequiel. Para a advogada Samila Borges, assistente de acusação, falou que a condenação de Ezequiel Rodrigues de Araújo foi justa.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies