‘Haddad é “bucha de canhão” de Lula’

Ao compartilhar uma reportagem do Poder360 sobre a aproximação do rombo fiscal ao valor de R$ 1 trilhão, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) chamou o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, de “bucha de canhão” do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O resultado nominal –que inclui o pagamento de juros da dívida– do setor público consolidado foi deficitário em R$ 991,9 bilhões no acumulado de 12 meses até janeiro.

Segundo Eduardo, Haddad “cumpre à risca as ordens do chefe da facção”. Ele afirmou nesta 6ª feira (8.mar.2024) que a “missão” do ministro da Fazenda “é atrair todo o desgaste para si e preservar” Lula.

“Mais para frente será exonerado pelo chefe, que diante das câmeras fará cara de surpresa com o resultado das políticas que ele mesmo ordenou”, declarou em seu canal no Telegram.

Com informações do Poder 360

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies