Grupo pró-palestina vai para cima de judeus, ataca e promove caça em aeroporto da Rússia

<!–


Grupo pró-palestina vai para cima de judeus, ataca e promove caça em aeroporto da Rússia » Conexão Política


As autoridades russas liberaram o aeroporto de Makhachkala, no Daguestão, após uma multidão invadir os saguões em uma tentativa de agredir passageiros judeus israelenses que estavam prestes a desembarcar em um dos terminais.

O aeroporto seguirá trancado até 6 de novembro. Ao menos 20 pessoas ficaram feridas durante o ataque. Um grupo tentou se aproximar de uma das aeronaves, mas os passageiros que chegaram em um voo de Tel Aviv permaneceram em segurança a bordo.

Vídeos nas redes sociais mostram manifestantes com bandeiras da Palestina invadindo o saguão do aeroporto. A maioria dos manifestantes era formada por expatriados palestinos. Em resposta imediata, Israel pediu que as autoridades russas protejam israelenses e judeus em suas jurisdições.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies