Globo teme pela segurança de Bonner e Renata Vasconcellos

A segurança do âncora do Jornal Nacional, William Bonner, e de sua colega de bancada, Renata Vasconcellos, foi intensificada, atendendo a uma solicitação da emissora. A medida se estende também aos apresentadores que os substituirão durante os dias de folga, garantindo um esquema de proteção durante suas chegadas e partidas da emissora.

A decisão de reforçar a segurança veio após a emissora autorizar a menção das siglas referentes a facções criminosas durante as reportagens jornalísticas. Enquanto algumas redações mantêm a política de não citar essas siglas, a direção do canal optou por uma abordagem diferente, alegando que a não identificação das facções poderia levantar dúvidas sobre a autoria de diversos crimes discutidos na programação.

A segurança, especialmente de William Bonner e Renata Vasconcellos, tem sido uma prioridade para a emissora. Vale lembrar que Renata enfrentou uma situação delicada quando um invasor a buscou nas dependências da emissora no Jardim Botânico, levando a uma intervenção policial para negociar a rendição do indivíduo. Além disso, a cobertura das eleições presidenciais também motivou uma revisão no esquema de segurança dos apresentadores do Jornal Nacional.

Com informações da coluna Lo Bianco no Portal IG.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies