Funcionário da ONU acusado de ataque a Israel é morto

Um dos funcionários da Organização das Nações Unidas (ONU) acusados de envolvimento no ataque do Hamas em 7 de outubro foi mort, informou o secretário-geral da instituição, António Guterres.

O homem trabalhava na Agência das Nações Unidas de Assistência e Obras aos Refugiados da Palestina no Oriente Próximo (UNRWA, na sigla em inglês).

Segundo Guterres, dos 12 funcionários da agência acusados de participarem dos atos terroristas, 9 foram demitidos e outros 2 ainda estão sendo investigados.

“Qualquer funcionário da ONU envolvido em atos de terror será responsabilizado, inclusive através de processo criminal”, comunicou o secretário-geral, neste domingo, 28.

Funcionários da ONU

Guterres, entretanto, pediu para os países continuarem a fornecer assistência financeira à UNRWA, que apoia 2 milhões de habitantes da Faixa de Gaza que, segundo ele, dependem da “ajuda crucial” para a “sobrevivência diária”.

O secretário-geral ressaltou que o financiamento atual da agência “não lhe permitirá cumprir todos os requisitos para os apoiar em fevereiro”.

Antonio Guterres
Segundo António Guterres, dos 12 funcionários da UNRWA acusados de envolvimento nos ataques terroristas, 9 foram demitidos | Foto: Alan Santos/PR

Depois da demissão dos nove funcionários da UNRWA, nove países suspenderam o financiamento da principal agência da ONU em Gaza.

“Os alegados atos repugnantes destes funcionários devem ter consequências”, disse Guterres. “Mas as dezenas de milhares de homens e mulheres que trabalham para a UNRWA não devem ser penalizados.”

A agência recebe quase todo o seu orçamento de doações voluntárias de Estados-membros da ONU. Segundo o site da entidade, em 2022, as doações totalizaram US$ 1,2 bilhões (R$ 5,7 bilhões).

Estados Unidos, Alemanha, União Europeia e Suécia foram os maiores doadores individuais da agência neste ano, contribuindo com 61% do seu financiamento global.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies