Expulso do Solidariedade por Evaldo, Dilson Resende fecha com Silvio Mendes

Para o deputado estadual Evaldo Gomes, presidente do Solidariedade-PI, Dilson Resende, ex-chefe da executiva municipal, era uma espécie de “inimigo” infiltrado nas fileiras da agremiação. O suplente de vereador foi expulso este mês da legenda justamente sob a acusação de infidelidade partidária.

O Solidariedade, claro, quer todos os integrantes marchando junto com Fábio Novo, o pré-candidato petista a chefe do executivo teresinense. Segundo Evaldo, o ex-correligionário manifestava preferência por Silvio Mendes, pré-candidato a prefeito de Teresina pelo União Brasil.

Novo rumo

Bom… se realmente existia alinhamento entre os dois, mas não era público, agora é.  Resende e Silvio Mendes estiveram juntos nesta terça-feira, 06, selaram acordo e, de quebra, o suplente acertou filiação ao União Brasil.

A assessoria de imprensa de Mendes afirmou, em nota enviada à coluna, que Dilson “deixou o lado dos governistas alegando ter sido desrespeitado”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies