Exército afasta envolvidos nas investigações da PF e deixa caso com Moraes

O Exército brasileiro afastou os militares envolvidos nas investigações da Polícia Federal (PF) sobre a suposta trama de golpe de Estado, mas agora vai deixar o assunto nas mãos do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo fontes do Exército, Moraes puxou o caso para a Justiça civil e os inquéritos militares foram enviados para a Procuradoria-Geral da República (PGR).

Na visão dos militares, cabe agora esperar o decorrer do processo judicial para depois tomar providências como expulsão.

A avaliação é que, apesar do envolvimento de um grande número de oficiais, a resistência do então comandante do Exército, general Gomes Freire, em aderir ao golpe mostrou o legalismo das forças.

CNN

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading