EUA anunciam arma nuclear 24 vezes mais potente que as lançadas sobre o Japão

O Departamento de Defesa (Pentágono) anunciou um projeto de desenvolvimento de uma bomba nuclear que será 24 vezes mais poderosa do que uma das bombas lançadas sobre o Japão durante a Segunda Guerra Mundial.

Para isso, o Pentágono precisa da aprovação e financiamento do Congresso. Segundo o departamento, a bomba nuclear será chamada de B61-13.

O armamento deverá substituir algumas das mais antigas bombas B61-7. As duas armas detêm poder destrutivo semelhante, com capacidade máxima de 360 kilotons.

A futura arma deve reduzir o número de bombas B61-12 que serão produzidas. O explosivo começou a ser fabricado no ano passado.

De acordo com um comunicado do Pentágono, o B61-13 irá aproveitar a estrutura de produção desenvolvida para o B61-12, compartilhando com esse explosivo de características semelhantes de “segurança, proteção e precisão”.

“O anúncio reflete um ambiente de segurança em mudança e ameaças crescentes de adversários em potencial”, disse o secretário adjunto de Defesa para Política Espacial, John Plumb, no comunicado.

“Os Estados Unidos têm a responsabilidade de continuar a avaliar e colocar em prática as capacidades que precisamos para dissuadir e, se necessário, responder a ataques estratégicos, e dar segurança aos nossos aliados.”

Pentagono

A nova arma

O armamento B61-13 é uma bomba de gravidade, que é projetada para ser solta de uma aeronave sobre o seu alvo.

O Pentágono também afirmou que pretende aposentar a B83-1, uma das mais poderosas do arsenal norte-americano.

No início de outubro, o governo dos Estados Unidos realizou testes altamente explosivos em um espaço destinado a testes nucleares em Nevada.

Segundo o vice-administrador de Defesa e Não-Proliferação Nuclear da Administração Nacional de Segurança Nuclear, Corey Hinderstein, o objetivo dos experimentos era “ajudar a reduzir as ameaças nucleares globais, melhorando a detecção de testes subterrâneos de explosivos nucleares”.

Segundo o Pentágono, a nova arma poderá ser entregue por aeronaves modernas e será projetada para dar ao presidente norte-americano “opções” para atacar alvos militares difíceis e de grande área.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies