Empresa que opera Starbucks e Subway pede recuperação judicial

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A SouthRock Capital, responsável pela operação das marcas Starbucks e Subway no Brasil, anunciou na noite desta terça-feira, 31, que entrou com pedido de recuperação judicial. Estima-se que sua dívida seja de R$ 1,8 bilhão.

A empresa havia contratado a consultoria Galeazzi & Associados ainda em outubro para organizar a sua reestruturação. Em nota, a SouthRock afirma que seu objetivo com o pedido é o de “proteger financeiramente suas operações no Brasil”, além de tomar “decisões estratégicas para ajustar seu modelo de negócio à atual realidade econômica”.

“Os ajustes incluem a revisão do número de lojas operantes, do calendário de aberturas, de alinhamentos com fornecedores e stakeholders, bem como de sua força de trabalho tal como está organizada atualmente.”

Ao longo dos últimos três anos, ou seja, desde o início da pandemia, as varejistas têm lutado para manter suas operações, alega a empresa. “Os desafios econômicos no Brasil resultantes da pandemia, a inflação e a permanência de taxas de juros elevadas agravaram os desafios para todos os varejistas, incluindo a SouthRock.”

Um passo atrás

A recuperação judicial garantiria que a empresa se prepare para operar no cenário econômico atual. Além disso, enquanto se reestrutura, todas as marcas continuariam em funcionamento.

A empresa foi criada em 2015 e se especializou no desenvolvimento de restaurantes de aeroportos. Em 2018, fechou um acordo de licenciamento com a Starbucks para operar seus restaurantes em caráter exclusivo.

Starbucks Subway recuperação judicial

Em maio de 2022, ela também assumiu a gestão das lojas do Subway. Outra marca famosa que a SouthRock Capital opera é a Eataly.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies
%d blogueiros gostam disto: