Embaixador de Israel diz que Hezbollah tem apoiadores do Brasil

O embaixador de Israel em Brasília, Daniel Zonshine, disse que a organização terrorista libanesa Hezbollah tem apoiadores no Brasil e, contando com a ajuda deles, planejou um ataque a entidades judaicas e sinagogas, frustrado pela ação da Polícia Federal com a cooperação de agências internacionais de investigação, como o Mossad.

Na quarta-feira 8, agentes da corporação prenderam dois brasileiros ligados ao Hezbollah e cumpriram 11 mandados de busca e apreensão na Operação Trapiche.

“O interesse do Hezbollah em qualquer lugar do mundo é matar os judeus. Se escolheram o Brasil, é porque tem gente que os ajuda”, afirmou Zonshine ao jornal O Globo.

Na entrevista, ao falar do caso brasileiro, o embaixador citou como o exemplo da tríplice fronteira com Argentina e Paraguai onde, segundo ele, há fugitivos do Oriente Médio e pessoas que apoiam financeiramente as atividades do grupo terrorista.

Hezbollah é financiado pelo Irã, diz embaixador

Célula do grupo terrorista libanês Hezbollah, aliado do Hamas e do Irã, planejava realizar um atentado a alvos da comunidade judaica no Brasil | Foto: Reprodução/Redes sociais

Zonshine disse, ainda, que os terroristas planejavam fazer no Brasil o que fizeram em território argentino há 30 anos, quando atacaram a Associação Mutual Israelita Argentina (Amia).

Naquela época, Israel descobriu que os terroristas foram financiados pelo Irã. “O Hezbollah ia fazer no Brasil o mesmo que fez na Argentina. O grupo é financiado pelo Irã e pelo tráfico de drogas, principalmente”, disse Zonshine ao Globo.

Na quarta-feira 8, ao informar sobre a participação do Mossad e de outras agências internacionais na operação da Polícia Federal brasileira, o governo de Israel voltou a repetir que o Hezbollah é financiado pelo governo iraniano.

“Os serviços de segurança brasileiros, juntamente com o Mossad e os seus parceiros na comunidade de segurança israelita, juntamente com outras agências de segurança internacionais, frustraram um ataque terrorista no Brasil, planeado pela organização terrorista Hezbollah, dirigida e financiada pelo Irã”, informou o governo israelense, em nota.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies