Em coletiva, Haddad não responde se meta de déficit zero será mantida em 2024

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, não respondeu a perguntas sobre a manutenção da meta do déficit fiscal zero em 2024.

Em coletiva realizada nesta segunda-feira, 30, Haddad se limitou a declarar que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva “não está sabotando o país”.

“Quando falam ‘o presidente está sabotando o país’, não (é isso). O que está acontecendo é que o presidente está constatando os problemas advindos de decisões que precisam ser reformas ou saneadas”, declarou Haddad.

Para o ministro, “não há por parte do presidente nenhum descompromisso, pelo contrário, se não estivesse preocupado com situação fiscal não estaria pedindo apoio da equipe econômica para orientação do Congresso”.

Arrecadação não está acompanhando o PIB, diz Haddad

Haddad declarou que desde julho a arrecadação federal está sofrendo e não está acompanhando o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para este ano.

“A arrecadação vem sofrendo por uma série de fatores. A taxa de juros é uma coisa importante, as empresas estão lucrando menos. Mesmo com manutenção do faturamento das empresas, mas com efeito sobre a rentabilidade, isso afeta a arrecadação”, disse Haddad.

Para poder alcançar um resultado de déficit zero em 2024, o governo deverá contar com um aumento significativo da arrecadação.

Serão necessários pelo menos R$ 168 bilhões em receitas adicionais para não fechar as contas no vermelho.

O ministro salientou como a Fazenda continua na busca do equilíbrio fiscal, não quis responder se o governo está comprometido com a manutenção da meta de déficit zero para o ano que vem.

“Meu papel é buscar o equilíbrio fiscal porque acredito que o Brasil precisa voltar a olhar para as contas públicas. Eu vou buscar equilíbrio fiscal de todas as formas justas e necessárias. A minha meta está mantida”, afirmou Haddad.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies
%d blogueiros gostam disto: