Em busca por petróleo, cientistas descobrem ‘fonte’ de hidrogênio branco

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Dois cientistas encontraram um grande reservatório de hidrogênio branco, quando procuravam por petróleo, no subsolo de Lorraine, no nordeste da França.

O hidrogênio branco — também conhecido como hidrogênio “natural”, “ouro” ou “geológico” — é produzido naturalmente ou está presente na crosta terrestre.

Jacques Pironon e Phillipe De Donato, responsáveis pela pesquisa, avaliavam a quantidade de metano na Bacia de Lorraine com uma sonda capaz de analisar gases dissolvidos na água de formações rochosas no subsolo.

Depois de analisarem metros abaixo, a sonda encontrou baixas concentrações de hidrogênio. “Isso não foi uma verdadeira surpresa para nós”, disse Pironon, em entrevista ao canal CNN.

Os pesquisadores encontraram 14% do elemento a mais de 1,1 mil metros de profundidade, e 20% a 1,25 mil metros.

Os especialistas revelam que é comum encontrar pequenas quantidades desse elemento perto da superfície de um furo, mas, à medida que a investigação se aprofundava, a concentração aumentava.

Interesse maior no hidrogênio branco

O hidrogênio produz apenas água quando queimado, o que o torna uma potencial fonte de energia limpa a indústrias de aviação, navegação e siderurgia.

Esses setores industriais precisam de uma alta quantia energia, quase impossível de ser atendida com energias renováveis, como a solar e a eólica.

Embora o hidrogênio seja o elemento mais abundante no universo, é possível encontrá-lo combinado com outras moléculas.

Atualmente, o hidrogênio comercial é produzido em um processo que consome muita energia, quase inteiramente alimentado por combustíveis fósseis.

Por isso o interesse no hidrogênio branco, uma fonte potencialmente abundante e inexplorada de energia de queima limpa, tem aumentado consideravelmente nos últimos anos.

Para identificar cada tipo de hidrogênio, os especialistas usam um “arco-íris” como abreviação para seus tipos.

“Cinza” é feito de gás metano e “marrom” de carvão. O hidrogênio “azul” é o mesmo que o cinzento, mas a poluição é capturada antes de ir à atmosfera.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies
%d blogueiros gostam disto: