Eleições na Argentina: candidato da esquerda teve 71% dos votos de presidiários

Representante do atual governo da Argentina, a chapa presidencial União pela Pátria, do esquerdista Sergio Massa-Agustín Rossi, venceu as eleições nas prisões com 71% dos votos. O peronista foi, no primeiro turno das eleições, o candidato favorito de 25.526 criminosos, que representam 36,71% do registro de votação.

Candidato liberal, o deputado Javier Milei, do La Libertad Avanza, veio em seguida, recebendo 15,49% do total de votos entre os encarcerados. Patricia Bullrich, da chapa Juntos pela Mudança, ficou em terceiro lugar, com 5,23%.

De acordo com a Câmara Eleitoral Nacional, este resultado é o mesmo apresentado em 13 de agosto nas Primárias Abertas, Simultâneas e Obrigatórias (Paso), uma espécie de simulação para as eleições gerais.

Argentina esquerda votos presidiários

Entre os detidos, Massa venceu em todos os distritos do país, exceto dois. Em Córdoba, Schiaretti, governador da província, saiu em primeiro lugar; em San Luis, quem ganhou o posto foi Milei.

Direito de votar

Os presos na Argentina receberam o direito a voto apenas em 2007. Ma isso só é possível se o eleitor já tiver sua causa julgada pela justiça. A votação desse grupo é responsabilidade da Câmara Eleitoral, que administra o chamado “Cadastro de Eleitores Privados de Liberdade” e realiza a contagem dos votos.

A vantagem de Massa

A menos de três semanas do segundo turno, marcado para 19 de novembro, uma nova pesquisa de intenção de voto para a Presidência da Argentina indica uma vantagem do peronista Sergio Massa sobre Javier Milei. Os números foram divulgados nesta terça-feira, 31, pelo jornal Clarín.

Segundo a pesquisa, Massa estaria com 11,4 pontos de vantagem sobre Milei nas intenções de voto: 44,6% a 33,2%.

Mais de 8% dos entrevistados ainda estão indecisos, enquanto que 5,9% votarão em branco ou nulo. Pelo menos 7% informaram que não pretendem votar nestas eleições.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading