Eleições em El Salvador: Pela primeira vez em quase 80 anos, atual presidente desafia Constituição e se candidata à reeleição

Neste domingo, 4 de fevereiro, mais de 6,2 milhões de cidadãos salvadorenhos são convocados a participar das eleições presidenciais e legislativas, marcando um momento histórico no país. O atual presidente, desafiando a Constituição da República, candidata-se à reeleição, sendo esta a primeira vez em quase 80 anos que um presidente busca um novo mandato.

O eleitorado, composto por 5.473.305 cidadãos inscritos nacionalmente, terá acesso a 1.595 centros de votação em todo o território nacional. O Supremo Tribunal Eleitoral (TSE) estabeleceu o horário de funcionamento desses centros, que iniciam suas atividades às 7h da manhã (10h no horário de Brasília) e encerram às 5h da tarde (20h no horário de Brasília).

Adicionalmente, 81 centros de votação no exterior seguirão o padrão nacional, facilitando o voto para viajantes e salvadorenhos com status migratório irregular. Aqueles que já estão fora do país, somando 741.094 salvadorenhos, estão habilitados para participar do sistema de voto eletrônico remoto, implementado desde 6 de janeiro de 2024.

Noel Orellana, ministro do TSE, assegurou que os resultados preliminares estarão disponíveis antes da meia-noite do domingo. “Devemos ter todos os resultados antes da meia-noite”, afirmou o magistrado.

Guillermo Wellman, outro integrante do TSE, destacou que o órgão colegiado está totalmente preparado para conduzir o pleito, ressaltando a mudança de 57 centros de votação para reparos pendentes em escolas e vias públicas.

Com informações do

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies