Duas eleições em um ano em Gilbués e Dom Expedito Lopes

Eleitores de Gilbués e Dom Expedito Lopes irão às urnas duas vezes este ano, a primeira acontecerá nesse domingo, 03 de março – dia de eleições suplementares.

Gilbués

A população de Gilbués terá de escolher os novos componentes da Câmara de Vereadores da cidade, já que cinco dos nove foram cassados. A lei determina a realização de nova eleição quando mais da metade do parlamento for cassado.

Dimas Medeiros (presidente da Câmara de Gilbués), Anderson Ribeiro Araújo, João Dias Filho, Henrique Guerra e Mário Júnior Fonseca, mais conhecido como Júnior da Boa Vista perderam o mandato. Todos são do Progressistas e pagaram pelo partido, que, segundo o Ministério Público Eleitoral, colocou três mulheres para disputar as eleições de 2020; o problema é que elas não fizeram campanha.

Dom Expedito Lopes

Já a população de Dom Expedito Lopes terá a missão de eleger um novo prefeito e um novo vice. A chapa eleita em 2020 foi cassada em novembro do ano passado.

O prefeito eleito em Dom Expedito Lopes, Valmir Barbosa (Foto: Reprodução / Instagram)

Por quê? Valmir Barbosa (Republicanos), o prefeito eleito, foi condenado por compra de votos.

Os próximos eleitos em Gilbués e Dom Expedito Lopes terão, portanto, apenas sete meses para mostrar serviço. Em outubro ocorrem as eleições municipais deste ano.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies